CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA
 
  1. Os preços indicados nos orçamentos são válidos por 60 dias, findos os quais poderão sofrer revisões ou se verificado que houve qualquer erro nos cálculos, reservamo-nos no direito de rectificar ou anular o orçamento apresentado.

  2. Uma vez o orçamento aceite pelo cliente e, posteriormente, por este anulado, no todo ou em parte, ser-lhe-ão debitadas as despesas até então efectuadas, ou seja, os trabalhos preliminares que estiverem executados no momento e eventuais obrigações assumidas com terceiros nomeadamente a compra de matéria prima e de subcontratação.

  3. A entrega de ficheiros digitais em suporte electrónico deverá ser uma cópia e ter preferencialmente o formato PDF de acordo com as nossas caracteristicas técnicas. Ainda, no caso de qualquer pedido de alteração ou emenda de conteúdos, por parte do cliente, não será da nossa responsabilidade qualquer desconfiguração ou qualquer outro tipo de anomalia existente nos ficheiros, que possa originar falta de precisão ou desconfiguração na impressão. Qualquer pedido de correcção ou alteração de ficheiros, não contemplado no orçamento, serão facturados extra-orçamento, sem que esse pedido ou alteração confira o direito ao cliente de exigir o ficheiro. Após, a execução final dos trabalhos, os ficheiros digitais não são por nós arquivados.

  4. Quaisquer alterações ao trabalho orçamentado, após a sua confirmação, e que impliquem custos adicionais, serão facturados extra orçamento.

  5. As provas (de cor, de imposição, e outras), depois de revistas pelos nossos clientes, deverão ser-nos devolvidas devidamente assinadas, quer tenham ou não rectificações efectuadas. Não existindo provas revistas pelos clientes, o que se desaconselha, respeitámos os originais entregues pelo mesmo e seguimos as normas de impressão internas (densidades e tolerâncias).

  6. Os materiais realizados ou adquiridos de suporte à execução das encomendas são propriedade da empresa, no entanto se o cliente os pretender adquirir serão facturados separadamente. Em relação aos materiais enviados pelo cliente, os mesmos deverão ser levantados no final da execução do trabalho, não se responsabilizando a empresa por qualquer perda/dano ou extravio desses materiais, após essa data.

  7. As quantidades encomendadas poderão sofrer alteração PARA MAIS OU MENOS 10% (dez por cento), não só devido aos estragos imprevisíveis durante a sua execução, como também à irregularidade nas quantidades dos papéis entregues pelos fornecedores.

  8. As reclamações sobre as quantidades entregues e não condizentes, com a guia de remessa respectiva, deverão ser comunicadas por escrito até 24 horas após a recepção da mercadoria.

  9. Só aceitaremos devoluções no prazo de 15 dias, após recepção da mercadoria, e caso exista algum defeito na execução do trabalho imputável à empresa. Não serão havidos como defeitos, para efeitos da responsabilidade de empresa, os usualmente tolerados neste sector da indústria gráfica, nomeadamente diferenças até 3% em relação à quantidade encomendada.

  10. Se depois de realizado o trabalho, for verificado que o mesmo, por qualquer motivo, tenha que ser repetido e que a responsabilidade é exclusiva da empresa, a penalização nunca poderá exceder essa mesma repetição e o trabalho defeituoso terá sempre que ser devolvido à empresa.

  11. Os prazos de entrega, quando indicados no orçamento, só terão inicio após a recepção de todos os elementos necessários à execução da encomenda confirmada através de requisição. No entanto, estes prazos poderão sofrer alteração sempre que, por motivos alheios à nossa vontade e devidamente justificados, não os possamos cumprir, não originando assim, este facto, direito a qualquer indemnização.

  12. Os preços fornecidos compreendem apenas a mercadoria entregue na localidade do cliente, no continente, em embalagens normais (pacotes). Embalagens especiais, quando necessárias, bem como meio de transporte diferente dos que habitualmente utilizamos, serão debitados extra orçamento.

  13. Condições de pagamento: 50% do valor final c/ IVA incluído na adjudicação e restante contra entrega da mercadoria, salvo outras condições previamente estabelecidas. A falta de pagamento atempado determina o vencimento de juros moratórios à taxa legal em vigor para operações comerciais.

  14. Em caso de litígio é única e exclusivamente competente o Tribunal da Comarca da Maia.